expoart
colunistas >> 
Literatura & Cinema >> 
  Henrique Wagner
Teatro baiano >> 
  Henrique Wagner
Artes Plásticas >> 
Obs: A Expoart apenas publica artigos enviados por seus usuários e colunistas.
O conteúdo dos artigos e as opiniões emitidas pelos seus autores são de sua exclusiva responsabilidade.
Artigos >> 
[Listar todos os Artigos] [Comentar e Ler Comentários]

MAM e Caballeros de Santiago terão Sala de Arte

Os fãs dos filmes de arte em Salvador vão mudar o endereço do cinema em março. Com o fechamento para reforma da sala de cinema do Bahiano de Tênis nesta quarta-feira, 22, o Circuito Sala de Arte acertou parcerias com a Sociedade Caballeros de Santiago, no Rio Vermelho, e o Museu de Arte Moderna (MAM), na Avenida Contoro, para abrigar novas salas de projeção administradas pelo grupo. O acordo tem duração de seis meses. Durante esse período, será construído um novo prédio no Bahiano para abrigar novas salas do cinema.

A abertura do cinema no Caballeros está prevista para 17 de março. Segundo um dos sócios do Circuito Sala de Arte, André Trajano, administrar um cinema no Rio Vermelho é um sonho antigo do grupo. "A comunidade local sente falta de um cinema desde o fechamento do cine teatro Maria Bethânia", diz. A sala tem capacidade para 110 pessoas e vai operar em conjunto com o teatro que funciona no local.

No MAM, a estréia do circuito será em abril. O local será adaptado para se tornar um cine-teatro, que vai funcionar em paralelo às exposições e outras atividades culturais do museu. A sala, com capacidade para 100 expectadores, terá projeção exclusivamente digital e não deverá afetar a oferta de filmes em exibição, já que é crescente o número de filmes disponibilizados no formato, diz Trajano.

A idéia de parceria entre o MAM e a Sala de Arte é resultado do projeto de conclusão de curso de um grupo de estudantes de Comunicação e Marketing da Universidade Católica de Salvador. Segundo uma das estudantes do grupo, Mônica Faria, a parceria vai trazer vantagens para o cinema e para o museu, já que o público é o mesmo.

"A possibilidade de manutenção das salas após o período inicial de seis meses vai depender exclusivamente da freqüência de público", conta Trajano. A expectativa em cada uma das novas salas é de 4 mil expectadores por mês, contra uma média mensal de 6 mil que freqüentavam a sala no Bahiano de Tênis.

  • Caballeros de Santiago Rua da Paciência, 441, Rio Vermelho, (71) 3334-4342
  • MAM Av Lafayete Coutinho s/n, Contorno, (71) 3117-6130

    Thiago Fernandes,
    do A Tarde On Line


  • Para comentar, você deve utilizar sua conta do Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL.

    ©2001 Expoart Serviços Ltda. Todos os direitos reservados.